29.1.07

Esquisitices 2

1) As pessoas aqui só têm 2 nomes, o nome próprio e o do pai. Não há cá nome da mãe para ninguém, pelo que me pareceu eles acham estúpido ter um nome que vai desaparecer e não serve para nada. Eu cá acho triste que o nome da MÃE seja tido em tão baixa conta. À mãe fica reservado o milagre da vida, a partir daí, deixa de ter importância.

2) Às sextas feiras à tarde bebe-se cerveja no trabalho. É só grades de cerveja no escritório. Sinceramente, acho esquisito.

3) Nos cinemas também se pode beber tudo o que se quiser, incluindo cerveja. Ouvem-se caricas a saltar durante o filme e risos cada vez mais altos.

4) Arranjar um médico aqui é uma verdadeira odisseia. Pensava eu que era só telefonar e marcar uma consulta, mas não. Os médicos cá atendem um certo número de doentes. E não aceitam mais pessoas. Para sermos aceites por um médico temos de ir ao consultório, apresentarmo-nos e esperar que ele esteja disposto a aceitar-nos na sua lista dourada. É uma confusão.

5) Não há uma única loja, padaria, etc, onde eles peguem nos pães ou nos bolos com pinças ou luvas. Não, aqui é tudo com as mãozinhas mesmo.

1 Comments:

Blogger Tripeiro de Roterdao said...

E a pôrra toda é quando te começam a tratar só pelo segundo nome. Não basta perder a personalidade materna, ainda perdes a tua própria. Ninguém quer saber o teu primeiro nome para nada!!!

Qnt a pinças não esperes grandes melhoras... A maioria dos holandeses (e holandesas) não lavam as mãos ao sair do wc. Vai a uma disco ou um bar e é vê-los fazer o q têm a fazer e sairem sem passar pelo lavatório...

Uma vez que é absolutamente ilegal beber alcool nas horas de expediente, parece-me bem que à sexta, após o horário de expediente se juntem todos para beber umas bejecas - afinal o local de trabalho tb pode ser de confraternização (uma vez que não vão 500 vezes por dia ao bar da empresa para mais um "cimbalino" ou uma "meia-de-leite")

29/1/07 17:19  

Enviar um comentário

<< Home