25.1.07

Em casa

Há quase duas semanas que estou doente, primeiro começou por me atacar o nariz em força e agora sinto que está a descer para o peito. A minha colega que me tem visto doente estes dias todos hoje foi dizer à chefe que eu estava doente e ela por sua vez veio-me dizer para eu vir para casa. Podia ter dito que apesar de estar doente até aguentava ficar por lá, quem é que nunca foi para a escola a morrer de tosse e a pingar ranho? Mas como até estou doente, estes últimos dias têm sido um tédio completo e além disso não trabalhar é sempre bom, concordei e vim embora.

Para mim as duas melhores coisas da Holanda são o respeito pelo trabalhador e o respeito pelo cidadão. Parece-me, a verdade é que posso estar completamente errada e a ver tudo mal, mas a verdade é que vejo as pessoas a cumprirem os seus horários de trabalho, a receberem melhor, a terem condições para uma vida mais desafogada. E quando trabalham horas a mais essas horas são pagas ou acumulam mais tempo de férias. Já para não falar dos subsídios que o governo dá para casos de doenças e para quem tem filhos e para estudos. Um colega meu dizia-me, no outro dia, que aqui só não estuda quem não quer, porque o governo ajuda quem precisa. Outra coisa que acho fascinante é o facto de muita gente que têm filhos trabalhar só 4 dias por semana, porque negoceia a empresa e ainda ganha o suficiente para ter uma vida normal.

E quando vejo estas coisas, sinceramente, fico triste, porque penso que Pt podia ser um dos melhores países da Europa para se viver, com uma enorme riqueza cultural, com um tempo fantástico, com uma grande diversidade de paisagem, etc. Mas não é, enquanto não se aprender a respeitar as pessoas Pt vai continuar a ser um bom destino de férias, mas um péssimo sítio para se trabalhar (e infelizmente o trabalho é uma grande parte da vida).

Vou beber chás.

4 Comments:

Blogger sonia said...

ai... as melhoras!

eu ja trabalhei no pt e nao era capaz de voltar para a precariedade dos recibos verdes.

precisamente como vejo, a holanda um pais fantastico para trabalhar e portugal para as ferias. acho que um dia voltamos, mas para ir viver no algarve, sem patroes e sem o stress da cidade!

jinhos e infusoes de camomila ajudam e muito suminho de laranja natural! ahh... e se vires o sol tenta apanha-lo pela janela, a constancia do cinzento nesta terra e culpada de muito!

25/1/07 14:52  
Blogger Dama do Oriente said...

Tens toda a razão. Mas é uma escolha injusta entre a familia e os amigos e condições de trabalho.

Vou beber muitos chazinhos estes dias :).

25/1/07 21:06  
Anonymous Sepúlveda said...

Às vezes tens mesmo razão. Até era bom que neste caso não tivesses...
As melhoras com os teus chás. ;P

25/1/07 23:10  
Blogger Dama do Oriente said...

Era muito bom que não tivesse mesmo :/.

26/1/07 08:59  

Enviar um comentário

<< Home